A prática da Natação.

 

A natação

a natação é uma modalidade esportiva que nos fornece uma série de benefícios. A prática dessa atividade está indicada a qualquer indivíduo e em qualquer idade, mas é entre os 10 aos 13 anos em que a criança atinge o seu ponto culminante em termos de desenvolvimento motor, pois a harmonia e a utilidade da morticidade geral caracterizam-se adequadamente nesta idade.

Veja a seguir os benefícios e a que modalidades a prática está associada.

Natação para portadores de doenças respiratórias

O objetivo: Para pacientes com alguma disfunção respiratória é desenvolver o controle respiratório, maximizar o sistema cardiovascular-respiratório e a expansão pulmonar contribuindo assim para a melhoria dos parâmetros fisiológicos dos indivíduos.

A natação atua maximizando a fase expiratória do paciente, sendo certo também que o ambiente úmido da piscina proporciona uma melhor condição de exercício para portadores de DPOC, (Disfunção pulmonar obstrutiva crônica), pois permite a inalação de ar umidificado o que é benéfico para a patologia. A natação do ponto de vista fisiológico melhora o desempenho muscular e a respiração da criança. Estudos efetuados em adultos mostraram que a capacidade de respirar de maneira correta pode melhorar em até 200 litros por minuto. As crianças com asma podem ter postura retraída e a natação corrige defeitos posturas e deformidades torácicas.

Natação para gestantes e bebês

A natação é um exercício bastante recomendado para mulheres em período de gestação. Durante a gravidez as futuras mamães podem iniciar as aulas de natação a partir do 3 mês, qundo o feto já está em melhor fase de desenvolvimento, nas aulas os movimentos pélvicos e o controle da respiração preparam o corpo para o trabalho de parto. Apenas o método borboleta não é recomendado, pois o peso da barriga e os movimentos ondulatórios do corpo podem prejudicar a coluna. O desenvolvimento desta modalidade no período de gestação, além de manter a forma, também tem a função relaxante, a mulher se sente mais leve, é uma atividade terapêutica, o que é de tamanha importância já que neste período as mulheres costumam ficar mais frágeis.

Os bebês.

O contato com a agua nos primeiros meses de vida favorece a saúde e proporciona um momento de prazer e descobertas para os bebês. As aulas introdutórias e as subsequentes são realizadas em companhia da mãe ( na grande maioria das vezes) ou do responsável pelo bebê e têm duração mais curta, em torno de 30 minutos, uma vez que o sistema termo-regulador do bebê ainda não se encontra tão bem desenvolvido e, também pelo fato de sua capacidade de atenção ser pequena, tornando cansativas atividades com grande tempo de duração. É extremamente importante que o professor de natação para bebês tenha conhecimento sobre psicologia e fisiologia do desenvolvimento infantil, para que possa propor atividades adequadas ao estágio de maturidade física e psíquica dos bebês.

Quais os benefícios?

Estes são inúmeros. A natação proporciona melhora da coordenação motora, noções sobre tempo e espaço, prepara psicologicamente a criança para o auto-salvamento, como toda atividade física, estimula também o apetite, aumenta a resistência cardio-respiratória e muscular, tranquiliza o sono e ajuda na prevenção de doenças respiratórias. Sem contar que a criança que passou por aulas de natação tem menos chance de sofrer afogamentos. Os bebês já são adaptados ao meio líquido desde o seu período de gestação. Por isso, são capazes de movimentar-se na água com habilidade, demostrando uma série de reflexos, comuns na primeira infância. A natação para o bebê, por ser praticada juntamente com os pais se torna muito especial pois este momento não é apenas para se exercitar mas também, de fortalecimento do laço afetivo e da confiança mútua. Este contato é de extrema importância para o desenvolvimento afetivo do bebê.

Quando começar?

É mais indicado a criança começar a praticar a atividade à partir dos 6 meses de idade, pois antes disso a incidência de inflamação de ouvido é mais frequente. A criança aos seis meses também já tomou todas as vacinas ou pelo menos as primeiras doses, comem sólidos, estão mais firmes e mais preparadas para a atividade física.

Vale lembrar que a prática de natação não está restrita a estes grupos, estes foram apenas exemplos. A natação é um exercício que também é praticado de maneira desportiva, além de ser um exercício altamente relaxante que auxilia em lesões na coluna cervical etc., além de deixar o corpo mais definido.

Att.: Bruna Freire ;D

natação

domingo 05 abril 2009 11:35



Nenhum comentário A prática da Natação.



Seu comentário :

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.204.217.249) para se identificar     



Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para corpoeforma

Precisa estar conectado para adicionar corpoeforma para os seus amigos

 
Criar um blog